Lugares para passear

Lugares para passear

Confira uma seleção de 20 passeios para pais e filhos se divertirem e aprenderem juntos. As sugestões estão divididas e reúnem bibliotecas, gibitecas, lugares para visitar e conhecer animais –como zoológicos–, exposições e museus. Há ainda espaços especiais para aprender brincando sobre ciência, como o Sabina Escola Parque do Conhecimento e a Estação Ciência.

Sylvia Masini/Divulgação
Biblioteca Municipal Monteiro Lobato tem aproximadamente 30 mil títulos infanto-juvenis
Biblioteca Municipal Monteiro Lobato tem aproximadamente 30 mil títulos infanto-juvenis

Veja a seleção e programe-se:

Bibliotecas e gibitecas

A tradicional Biblioteca Hans Christian Andersen é ideal para as crianças que estão começando a ler, pois abriga um acervo especializado em contos de fadas. Conta também com uma programação constante de teatro e narração de histórias.
Informe-se sobre o local

Com cerca de 30 mil títulos infanto-juvenis, a Biblioteca Municipal Monteiro Lobato, a mais antiga para crianças de São Paulo, é um ótimo lugar para os pequenos em fase de alfabetização criarem o gosto pela leitura. Também abriga uma gibiteca.
Informe-se sobre o local

No subsolo da Biblioteca Municipal de Santo André, há um cantinho silencioso para a leitura de gibis. Com acervo de cerca de 13 mil HQs, o local promove oficinas de quadrinhos e mangá.
Informe-se sobre o local

A Gibiteca Sesi da Vila Leopoldina possui 10 mil exemplares no acervo. Nas prateleiras, há clássicos como “Tintin” e “Flash Gordon”, além de títulos da produção contemporânea de HQ.
Informe-se sobre o local

Bichos

O Aquário São Paulo exibe cerca de 330 espécies de animais aquáticos de água doce e salgada, que agradam crianças já não tão interessadas em bichos “fofinhos”.
Informe-se sobre o local

Ricardo Nogueira/Folha Imagem
Aquário São Paulo exibe 330 espécies de animais aquáticos de água doce e salgada
Aquário São Paulo exibe 330 espécies de animais aquáticos de água doce e salgada

Instituto Butantan possui espaços onde o visitante pode conhecer inúmeras variedades de bichos “nojentos”, como cobras e aranhas. O Museu Biológico ganhou recentemente um berçário de serpentes, que abriga 11 filhotes de diferentes espécies, entre elas a jibóia Jujuzinho, batizada na última semana.
Informe-se sobre o local

No Zôo Safari há mais de 300 animais soltos em locais que imitam seus habitats, como girafas, zebras e macacos, que as crianças podem ver de perto, transitando em automóveis.
Informe-se sobre o local

O Zoológico exibe cerca de 3.500 animais que podem dar às crianças uma idéia da diversidade da fauna mundial. Há desde animais exóticos, como o camelo, até bichos bem brasileiros, como o tamanduá.
Informe-se sobre o local

Ciência

A Estação Ciência é um centro interativo que permite aos pequenos um primeiro contato com a ciência, com atrações como o simulador de terremotos.
Informe-se sobre o local

Divulgação
Estação Ciência permite aos pequenos contato com o assunto
Estação Ciência permite aos pequenos contato com o assunto

No mesmo espírito da Estação Ciência, o Sabina Parque do Conhecimento une diversão e aprendizado em atrações como a sala da vida –que abriga a área dos dinossauros, um aquário e um simulador do fundo do mar.
Informe-se sobre o local

Especial

O tradicional patinho amarelo de banheira migra para um lago de verdade, em dimensões muito maiores do que o usual. Com 12 metros, o objeto chama a atenção das crianças no Sesc Interlagos. A instalação faz parte da Mostra Sesc de Artes.
Informe-se sobre o local

Exposições e museus

A mostra “Einstein”, segmentada em dez núcleos, reúne cópias de cartas e manuscritos, objetos pessoais, fotos e instalações interativas sobre a vida do cientista.
Informe-se sobre o local

A exposição “Papiers à la Mode”, da artista plástica Isabelle de Borchgrave, narra a história da moda dos últimos 300 anos por meio de uma seleção de modelos em tamanho natural, feitos de papel. As referências mais antigas da coleção dizem respeito a um vestido da rainha Elizabeth I, datado de 1599, a uma jaqueta inglesa de 1620 e a vestidos de 1690.
Informe-se sobre o local

Em dois andares, o Museu Contemporâneo das Invenções mostra inventos nacionais e estrangeiros, entre objetos úteis e algumas engenhocas. Destaque para a esteira ergométrica, que leva computador e impressora acoplados, e óculos para pingar colírio. Estão também expostas invenções já lançadas comercialmente, como a bóia-espaguete.
Informe-se sobre o local

Com projeções de vídeos e fotografias, alusões a alguns personagens e uma biblioteca, a exposição “Machado de Assis: Mas Este Capítulo Não É Sério”, no Museu da Língua Portuguesa, é uma oportunidade para as crianças conhecerem um pouco sobre um dos mais importantes escritores brasileiros.
Informe-se sobre o local

A exposição “Pesquisa em Zoologia: a Biodiversidade sob o Olhar do Zoólogo” é o destaque do Museu de Zoologia da USP, que possui o maior acervo da fauna neotropical do planeta. A mostra tem cerca de 8 milhões de exemplares, como réplicas de fósseis de grandes mamíferos.
Informe-se sobre o local

Dentro do estádio do Pacaembu, o Museu do Futebol tem 6.900 m2 e é dividido em três eixos: Emoção, História e Diversão. Além de mostrar fotos de jogadores de épocas diversas, o museu contextualiza a evolução do futebol com a própria história do país, e é uma oportunidade para os pequenos fãs aprenderem sobre o passado do esporte.
Informe-se sobre o local

Beatriz Toledo/Folha Imagem
Museu do Futebol mostra fotos de jogadores de épocas diversas para os pequenos fãs
Museu do Futebol mostra fotos de jogadores de épocas diversas para os pequenos fãs

Shoppings

O espaço infantil do shopping Frei Caneca, voltado para crianças de 3 a 12 anos, realiza atividades educacionais, artísticas, teatrais e circenses para os pequenos. Neste fim de semana, um contador de histórias e livros infantis levam a literatura até o público.
Informe-se sobre o local

O Espaço Piks tem diversas atrações para as crianças menores, como oficinas de culinária, fantasias, contadores de histórias e customização de objetos. Até três anos, as crianças devem estar acompanhadas por um responsável.
Informe-se sobre o local

Colorido e afastado do corre-corre do shopping, o Play Space conta com piscina de bolinhas, camarins, brinquedos e monitores, que entretêm as crianças a partir de dois anos, enquanto os pais fazem compras. Os menores também podem desfrutar do espaço acompanhados por um responsável.
Informe-se sobre o local

Cidade pesquisadas

São Paulo (SP) – 11.016.703
Rio de Janeiro (RJ) – 6.136.652
Salvador (BA) – 2.711.372
Fortaleza (CE) – 2.416.920
Belo Horizonte (MG) – 2.399.920

Brasília (DF) – 2.383.784
Curitiba (PR) – 1.788.559
Manaus (AM) – 1.688.524
Recife (PE) – 1.515.052
Porto Alegre (RS) – 1.440.939

Belém (PA) – 1.428.368
Guarulhos (SP) – 1.283.253
Goiânia (GO) – 1.220.412
Campinas (SP) – 1.059.420
São Luís (MA) – 998.385

São Gonçalo (RJ) – 973.372
Maceió (AL) – 922.458
Duque de Caxias (RJ) – 855.010
Nova Iguaçu (RJ) – 844.583
São Bernardo do Campo (SP) – 803.906

Teresina (PI) – 801.971
Natal (RN) – 789.896
Campo Grande (MS) – 765.247
Osasco (SP) – 714.950
Santo André (SP) – 673.234

João Pessoa (PB) – 672.081
Jaboatão dos Guararapes (PE) – 651.355
São José dos Campos (SP) – 610.965
Contagem (MG) – 603.376
Uberlândia (MG) – 600.368

Sorocaba (SP) – 578.068
Ribeirão Preto (SP) – 559.650
Cuiabá (MT) – 542.861
Feira de Santana (BA) – 535.284
Juiz de Fora (MG) – 509.125

Aracaju (SE) – 505.286
Ananindeua (PA) – 498.095
Joinville (SC) – 496.051
Londrina (PR) – 495.696
Belford Roxo (RJ) – 489.002

Niterói (RJ) – 476.669
São João de Meriti (RJ) – 466.996
Aparecida de Goiânia (GO) – 453.104
Campos dos Goytacazes (RJ) – 429.667
Santos (SP) – 418.375

Caxias do Sul (RS) – 412.053
Betim (MG) – 407.003
São José do Rio Preto (SP) – 406.826
Florianópolis (SC) – 406.564
Vila Velha (ES) – 405.374

Mauá (SP) – 398.482
Serra (ES) – 394.370
Diadema (SP) – 389.503
Olinda (PE) – 387.494
Carapicuíba (SP) – 382.722

Porto Velho (RO) – 380.974
Campina Grande (PB) – 379.871
Macapá (AP) – 368.367
Mogi das Cruzes (SP) – 365.993
Cariacica (ES) – 361.058

Piracicaba (SP) – 360.762
Bauru (SP) – 350.492
Montes Claros (MG) – 348.991
Pelotas (RS) – 346.452
Jundiaí (SP) – 344.779

Itaquaquecetuba (SP) – 340.596
Canoas (RS) – 333.322
São Vicente (SP) – 325.437
Maringá (PR) – 324.397
Ribeirão das Neves (MG) – 322.969

Franca (SP) – 321.969
Anápolis GO) – 318.808
Vitória (ES) – 317.085
Rio Branco (AC) – 314.127
Caucaia (CE) – 313.584

Petrópolis (RJ) – 310.216
Foz do Iguaçu (PR) – 309.113
Ponta Grossa (PR) – 304.973
Paulista (PE) – 299.744
Guarujá (SP) – 299.023

Blumenau (SC) – 298.603
Vitória da Conquista (BA) – 289.772
Uberaba (MG) – 285.094
Cascavel (PR) – 284.083
Caruaru (PE) – 283.152

Santarém (PA) – 276.074
Limeira (SP) – 274.906
Suzano (SP) – 272.452
Gravataí (RS) – 270.763
Santa Maria (RS) – 270.073

Taubaté (SP) – 267.471
Viamão (RS) – 261.971
São José dos Pinhais (PR) – 261.125
Petrolina (PE) – 260.004
Novo Hamburgo (RS) – 258.754
Volta Redonda (RJ) – 258.145
Barueri (SP) – 256.824
Várzea Grande (MT) – 254.736
Governador Valadares (MG) – 254.405
Boa Vista (RR) – 249.655

Juazeiro do Norte (CE) – 240.638
Embu (SP) – 240.037
Praia Grande (SP) – 237.494
Ipatinga (MG) – 236.463
Imperatriz (MA) – 232.560

Magé (RJ) – 232.251
Colombo (PR) – 231.787
Sumaré (SP) – 231.627
Mossoró (RN) – 229.787
Taboão da Serra (SP) – 221.176

Ilhéus (BA) – 220.943
Palmas (TO) – 220.889
Marília (SP) – 220.017
Magé (RJ) – 218.821
Alvorada (RS) – 214.953

São Carlos (SP) – 214.786
Santa Luzia (MG) – 214.398
São Leopoldo (RS) – 212.498
Sete Lagoas (MG) – 210.468
Jacareí (SP) – 208.471

Itabuna (BA) – 207.969
Juazeiro (BA) – 204.988
Divinópolis (MG) – 204.324
Presidente Prudente (SP) – 204.036
Arapiraca (AL) – 202.390

Itaboraí (RJ) – 201.443
São José (SC) – 201.103
Americana (SP) – 200.607
Marabá (PA) – 200.801
Cachoeiro de Itapemirim (ES) – 198.150

Araraquara (SP) – 197.039
Camaçari (BA) – 196.798
Itapevi (SP) – 196.551
Maracanaú (CE) – 196.422
Rio Grande (RS) – 195.392

Hortolândia (SP) – 194.289
Criciúma (SC) – 188.233
Luziânia (GO) – 187.262
Rio Claro (SP) – 186.998
Dourados (MS) – 186.357

Santa Bárbara d’Oeste (SP) – 185.623
Passo Fundo (RS) – 185.279
Araçatuba (SP) – 179.717
Nossa Senhora do Socorro (SE) – 179.060
Indaiatuba (SP) – 175.933

Sobral (CE) – 175.814
Nova Friburgo (RJ) – 175.370
Cotia (SP) – 175.008
Mesquita (RJ) – 174.045
Chapecó (SC) – 173.262

Barra Mansa (RJ) – 173.003
Cabo de Santo Agostinho (PE) – 172.150
Parnamirim (RN) – 170.055
Rondonópolis (MT) – 169.814
Guarapuava (PR) – 169.007

Águas Lindas de Goiás (GO) – 168.919
Lages (SC) – 168.384
Itajaí (SC) – 168.088
Francisco Morato (SP) – 164.791
Cabo Frio (RJ) – 159.685

Castanhal (PA) – 158.462
Itapecerica da Serra (SP) – 157.280
Macaé (RJ) – 156.410
Poços de Caldas (MG) – 151.605
Nilópolis (RJ) – 150.968

Camaragibe (PE) – 150.354
Jequié (BA) – 148.974
Teresópolis (RJ) – 148.965
Paranaguá (PR) – 147.934
Timon (MA) – 146.139

Lauro de Freitas (BA) – 145.831
Caxias (MA) – 144.387
Itu (SP) – 144.008
Parnaíba (PI) – 143.675
Pindamonhangaba (SP) – 141.039

Bragança Paulista (SP) – 140.789
Porto Seguro (BA) – 140.252
Mogi Guaçu (SP) – 138.918
Patos de Minas (MG) – 136.997
Rio Verde (GO) – 136.229

Uruguaiana (RS) – 134.928
São José de Ribamar (MA) – 134.593
São Caetano do Sul (SP) – 134.295
Alagoinhas (BA) 134.162
Sapucaia do Sul (RS) – 133.944

Abaetetuba (PA) – 133.316
Itapetininga (SP) – 132.869
Jaraguá do Sul (SC) – 131.786
Santa Rita (PB) – 131.684
Sabará (MG) – 131.398
Araguaína (TO) – 130.105
Angra dos Reis (RJ) – 129.621
Queimados (RJ) – 129.131
Garanhuns (PE) – 128.398
Palhoça (SC) – 128.102

Teófilo Otoni (MG) – 127.818
Atibaia (SP) – 126.940
Vitória de Santo Antão (PE) – 125.563
Abaetetuba (PA) – 125.055
Valparaíso de Goiás (GO) – 123.921

Barreiras (BA) – 123.609
Jau (SP) – 123.374
Pinhais (PR) – 123.288
Barbacena (MG) – 123.005
Linhares (ES) – 123.000

Pouso Alegre (MG) – 122.401
Franco da Rocha (SP) – 122.273
Varginha (MG) – 122.140
Bagé (RS) – 121.299
Botucatu (SP) – 119.298

Cubatão (SP) – 119.068
Araucária (PR) – 118.313
Santa Cruz do Sul (RS) – 117.949
Ribeirão Pires (SP) – 116.677
Apucarana (PR) – 115.823

Catanduva (SP) – 115.287
Codó (MA) – 115.098
Crato (CE) – 115.087
Araras (SP) – 114.682
Teixeira de Freitas (BA) – 114.208

Almirante Tamandaré (PR) – 113.589
Ji-Paraná (RO) – 113.453
Parintins (AM) – 112.636
Colatina (ES) – 111.789
Guaratinguetá (SP) – 111.673

Conselheiro Lafaiete (MG) – 111.467
Resende (RJ) – 110.876
Jandira (SP) – 110.045
Barretos (SP) – 109.238
Araguari (MG) – 108.672

Guarapari (ES) – 108.120
Várzea Paulista (SP) – 107.760
Itapipoca (CE) – 107.012
Cametá (PA) – 106.816
Açailândia (MA) – 106.357

Birigüi (SP) – 106.313
Itabira (MG) – 106.289
Salto (SP) – 106.207
Toledo (PR) – 105.687
Campo Largo (PR) – 105.474

Votorantim (SP) – 105.446
Passos (MG) – 105.098
Tatuí (SP) – 105.030
Sertãozinho (SP) – 104.618
Ourinhos (SP) – 104.448

Sinop (MT) – 103.868
Bragança (PA) – 103.751
Coronel Fabriciano (MG) – 103.724
Piraquara (PR) – 103.574
São Mateus (ES) – 102.955

Bento Gonçalves (RS) – 102.452
Trindade (GO) – 102.430
Santana (AP) – 101.864
Paço do Lumiar (MA) – 101.554
Marituba (PA) – 101.356

Corumbá (MS) – 101.089
Simões Filho (BA) – 100.702
Maranguape (CE) – 100.279
Paulo Afonso (BA) – 99.543
Patos (PB) – 99.494

Muriaé (MG) – 98.850
Cambé (PR) – 98.788
Arapongas (PR) – 98.505
Planaltina de Goiás (GO) – 98.491
Erechim (RS) – 98.288

Santana de Parnaíba (SP) – 98.050
Santana do Livramento (RS) – 97.488
Bacabal (MA) – 96.883
Itaituba (PA) – 96.515
Novo Gama (GO) – 96.442

Açailândia (MA) – 95.838
Caraguatatuba (SP) – 95.237
Umuarama (PR) – 95.237
Bayeux (PB) – 95.004
Assis (SP) – 94.415

Itatiba (SP) – 93.447
Iguatu (CE) – 92.981
Ituiuitaba (MG) – 92.727
Valinhos (SP) – 92.425
Formosa (GO) – 92.331

Moji Mirim (SP) – 91.938
Lagarto (SE) – 91.605
Barra do Piraí (RJ) – 91.369
Tubarão (SC) – 91.333
Fazenda Rio Grande (PR) – 90.875

Ubá (MG) – 90.781
Cáceres (MT) – 90.391.