COMO REGULARIZAR VEÍCULO COM BLOQUEIO POR ACIDENTE ( SINISTRADO)

COMO REGULARIZAR VEÍCULO COM BLOQUEIO POR ACIDENTE ( SINISTRADO)

Em conformidade com o – CONTRAN Veículos com indicativo de Acidente (SINISTRO) de Trânsito devem ser bloqueados , pela a ocasião os órgãos fiscalizadores especificam, no Boletim de Ocorrência de Acidente de Trânsito, a situação do veículo envolvido em uma das seguintes categorias:

  1. dano de pequena monta: quando o veículo sofrer danos que não afetem a sua estrutura ou sistemas de segurança;
  2. danos de média monta: quando o veículo sinistrado for afetado nos seus componentes mecânicos e estruturais, envolvendo a substituição de equipamentos de segurança especificados pelo fabricante, e que reconstituído possa voltar a circular;
  3. danos de grande monta ou perda total, quando o veículo for considerado como sinistrado com laudo de perda total.Em caso de danos de média e grande monta, o órgão fiscalizador responsável pela ocorrência, comunica o fato ao DETRAN para que seja providenciado o “bloqueio” no cadastro do veículo.O veículo classificado de grande monta ”Perca Total (PT)” deverá ser baixado.

Como faz a Regularização do Veículo:

O veículo bloqueado é considerado “irregular” estando, portanto, impedido de receber o Licenciamento Anual e, consequentemente, impedido de circular.
Para regularizar a situação do veículo, através da baixa do bloqueio, deverão ser apresentados a documentação exigida em qualquer Ciretran.

COMO REGULARIZAR VEÍCULO COM BLOQUEIO POR ACIDENTE

Documentos necessários para a regularização do Veiculo

  • CRV e CRLV originais do veículo, RG, CPF ou CNPJ e comprovante de residência ou domicílio do proprietário.
  • Comprovação do serviço executado e das peças utilizadas, mediante apresentação da Nota Fiscal de serviço da oficina reparadora, acompanhada da Nota Fiscal das peças utilizadas.
  • Certificado de Segurança Veicular – CSV expedido por Instituição Técnica Licenciada- ITL, devidamente licenciada pelo DENATRAN e acreditada pelo INMETRO – Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial.
  • Comprovação da autenticidade da identificação do veículo mediante vistoria do órgão ou entidade executivo de trânsito dos Estados ou do Distrito Federal

LEMBRE-SE DO SEGURO DPVAT

Tem direito a receber o seguro DPVAT os acidentes de trânsito ocorridos nos últimos 3 anos, envolvendo veículo automotor de via terrestre, que tenham causado morte, invalidez permanente ou despesas médico-hospitalares.

É aquele que tem motor próprio e roda em terra ou asfalto, ou seja, é um carro de passeio, motocicleta, caminhão, ônibus, micro-ônibus ou trator. Lembre-se: trens, bicicletas e barcos não se enquadram como veículo automotor de via terrestre.